Tour cultural Butão

Duração

5 Dias

Localização

Ásia

Documentos/detalhes necessários para processar o visto do Butão:

1. Cópia digitalizada do passaporte (o passaporte deve ter validade mínima de 6 meses para viajar para o Butão) para viajar ao Butão) - colorida e não em preto e branco.

2. Seguro de viagem.

3. Foto tamanho passaporte/meia foto (digital).

4. Endereço residencial.

5. Número de telefone.

6. Ocupação.

Valor da expedição

US 1

Para grupo mínimo de 1 pessoas.

Texto Faltando no arquivo

Itinerário

Dia 1. Chegada a Paro - visita a Thimphu (54 km, 1 hora de carro)
Recepção e saudação no aeroporto e viagem até Thimphu.
No caminho, uma breve parada para ver o Monastério Tamchog:
Esse monastério foi construído por Thang Tong Gyalpo, popularmente conhecido como "O construtor da ponte de ferro". Ele construiu 108 pontes entre o Tibete e o Butão, das quais 8 foram construídas no Butão. Sua única ponte sobrevivente está em Duksum (Tashi Yangtse, no leste do Butão).
Enquanto estiver em Thimphu, visite: - National Memorial Chorten (1974), construído em homenagem ao Terceiro Rei, Sua Majestade Jigme Dorji Wangchuck. As pinturas e estátuas oferecem uma visão rara da cultura butanesa.
Pela manhã, visite Tashichho Dzong, sede do governo nacional e do Corpo Monástico Central, incluindo a residência de verão. Corpo monástico central, incluindo a residência de verão do Je Khenpo (o abade-chefe do Butão).
À tarde visite:
- A mais alta estátua de Buda sentado do mundo (51,5 metros) em Kuensel Phodrang.
- Changangkha Lhakhang, um dos templos mais antigos do vale de Thimphu, construído por Phajo Drugom Shigpo no século XIII.
- Centro de preservação Takin, um animal de aparência estranha que se acredita ser uma mistura de vaca e cabra. e uma cabra (Takin é o animal nacional do Butão). Os butaneses acreditam que esse animal foi criado por Drukpa Kuenley, o demônio louco do Butão.
- Ponto de vista de Sangaygang. - Dupthob Lhakhang, um dos poucos conventos sobreviventes no Butão.
Jantar e pernoite no Hotel Tashi Yoedling. www.tashiyoedling.com
Tipo de quarto: Quarto executivo.

Dia 2. Thimphu - Passeio turístico em Punakha - Thimphu (76 km, 2 horas de carro):
Pela manhã, dirija até Punakha. Uma breve parada no caminho para explorar a bela Dochu La Pass (altitude de 3140 m) com suas 108 estupas. Aprecie a vista panorâmica da cadeia de montanhas do Himalaia.
A passagem Dochu la (3140 m).
Continue a viagem até Punakha. No caminho, visite o:
- Parque Botânico Lam Pelri, onde é possível encontrar 39 variedades de rododendros.
- Chimi Lhakhang, construído em 1499 por Lama Drukpa Kuenley, popularmente conhecido como "O Louco Divino". O templo também é chamado de "Templo da Fertilidade". Ele viajou pelo Butão e pelo Tibete como um "Neljorpa" (iogue) usando canções, humor e comportamento ultrajante para dramatizar seus ensinamentos de salvação por meio do sexo.
Após o almoço, visita a:
Punakha Dzong, construído em 1637 por Shabdrung Ngawang Namgyal. Punakha é a residência de inverno de Je Khenpo e o rei Jigme Dorji Wangchuck convocou a Primeira Assembleia Nacional aqui em 1952. Punakha também foi a antiga capital do Butão até o governo do segundo rei do Butão.
O magnífico Punakha Dzong.
- Caminhe pela mais longa ponte suspensa do Butão, que atravessa o rio Pho Chu (160 m). Você pode apreciar a bela vista do vale de Punakha abaixo.
À noite, voltamos de carro para Thimphu. Jantar e pernoite no Hotel Tashi Yoedling. www.tashiyoedling.com

Dia 3. Passeio turístico Thimphu - Paro (54 km, 1 hora de carro):
Pela manhã, visita a:
- Museu Postal Nacional.
- Escola de 13 artes e ofícios.
- Museu Nacional do Têxtil.
- Bazar de artesanato, onde você pode comprar artesanato e obras de arte butaneses.
Seguiremos de carro para Paro. Após o almoço, visita a:
- Ta Dzong, construído em 1649, uma antiga torre de vigilância que agora abriga o Museu Nacional do Butão. Essa construção incomum tem o formato de uma concha com parede de 2,5 m de espessura. O tesouro mais interessante e reverenciado no terceiro andar é um ovo de pedra posto por uma mula.
- Rinpung Dzong, construído em 1646 por Shabdrung Ngawang Namgyal. Rinpung significa literalmente "O monte de joias". Atualmente, o Dzong funciona como o centro administrativo do distrito de Paro.
A vista de Rinpung Dzong.
- Casa de fazenda butanesa para conhecer o modo de vida típico do Butão. Jantar e pernoite no resort Shomo Chuki. www.shomochukiresort.com
Tipo de quarto: Quarto Deluxe.

Dia 4. Passeios em Paro - Caminhada até o Ninho do Tigre (Taktsang):
Pela manhã, caminhada até o Ninho do Tigre. Dirija até Satsam Chorten e caminhe por 2 horas até o Mosteiro do Ninho do Tigre.
- O Lhakhang principal foi construído em torno da caverna de meditação do Guru Rinpoche em 1684 pelo Penlop (governador) de Paro, Gyaltse Tenzin Rabgay. Esse incrível mosteiro se agarra à beira de um penhasco de rocha que despenca 900 metros no vale abaixo. Diz a lenda que o Guru Padma Sambhava, o místico tântrico que trouxe o budismo para o Butão, voou para cá nas costas de um tigre voador, com Dorji Drolo, que dizem ser sua consorte favorita. Nota: Você pode hastear bandeiras de oração perto do Ninho do Tigre e oferecer orações dentro do mosteiro. À tarde, visita a:
- Drugyel Dzong, construído em 1647 pelo grande Shabdrung Ngawang Namgyal. Ele serviu como posto de defesa contra a invasão tibetana nos tempos antigos. Esse Dzong foi destruído por um incêndio acidental e está sendo consertado.
A vista do Drugyel Dzong.
- O Kichu Lhakhang foi construído em 659 d.C. pelo rei tibetano Srongtsen Gampo. Ele construiu 108 templos em um único dia para prender o Ogro à terra para sempre e, ao mesmo tempo, converter o povo tibetano ao budismo, seis desses templos ficam no Butão; os mais proeminentes são o Jambay Lhakhang, em Bumthang, e o Kichu Lhakhang, em Paro. À noite, fique livre para passear pela cidade, fazer compras e fotografar. Jantar e pernoite no resort Shomo Chuki.

Dia 5. Paro - Partida:
Após o café da manhã, transfer para o aeroporto
Natureza do passeio: Viagem particular com seu próprio motorista e guia.

A Grade6 sempre está em busca da excelência de suas operações, priorizamos um atendimento
humanizado baseado na empatia e na exclusividade. Temos a disposição uma equipe organizando
tudo para que você tenha a melhor experiência na montanha, por isso temos o cuidado de reservar
as melhores hospedagens, alimentação de primeira qualidade e melhores equipamentos de
montanha. Para mais detalhes consulte nosso descritivo completo

Itens Inclusos

Não inclusos

Sua reserva será efetivada mediante ao preenchimento da FICHA DE INSCRIÇÃO e pagamento de um sinal de 10% do valor total da expedição. O pagamento pode ser realizado por transferência, PIX ou parcelado via boleto até 30 dias antes da viagem.

Em caso de desistência do participante por qualquer motivo alegado serão seguidas as condições do cancelamento da EMBRATUR ponto de acordo com a deliberação normativa nº 161 de 9 de agosto de 1985 da EMBRATUR, a Grade6 Expedições poderá efetuar a devolução de valores conforme condições abaixo:

6.1. Cancelamento até 30 dias do início da viagem: 90% do valor total.

6.2. Cancelamento entre 29 e 21 dias do início da viagem: 80% do valor total.

6.3. Cancelamento a menos de 21 dias do início da viagem: percentuais inferiores aos
acima referidos, correspondentes aos gastos efetivamente comprovados
pela grade6 perante a EMBRATUR.

Em caso de cancelamento o participante terá que informar a Grade6 Expedições por email dentro do prazo indicado acima.

Requisito obrigatório para participar das nossas expedições é que o participante tenha um seguro que cubra 100% da atividade escolhida. A Grade6 Expedições tem uma estreita parceria com a Global Rescue, empresa líder mundial em serviços de atendimento médico e resgate em áreas remotas. Nossa parceria de longa data facilita toda a comunicação, o que no cenário de um possível resgate, pode ser decisivo!

*Antes de se registrar se informe com um de nossos guias para saber qual seguro é o mais adequado para sua expedição.

POR QUE VIAJAR COM A GRADE 6 EXPEDIÇÕES?

Somos a primeira empresa Brasileira a operar comercialmente expedições de alta montanha, são quase 30 anos organizando as expedições mais complexas do planeta para que você realize seus sonhos e tenha as melhores experiências que as montanhas podem oferecer. Todos os roteiros foram testados, avaliados e aprovados com a liderança do guia Carlos Eduardo Santalena que por meio de sua experiência desenvolveu os melhores planos de aclimatação para brasileiros conquistarem seus objetivos.

Nossos roteiros passam por uma análise de segurança, possuimos planos de contingência, aumentando a segurança de todos os integrantes.
Todos os guias tem certificação internacional de primeiros socorros. Assim como um alpinista precisa das maiores competências,
empenho e treinamento para escalar um Grade6, nós treinamos muito, nos empenhamos e colocamos nossa competência e expertise para atender com excelência e segurança, os desejos e sonhos dos nossos expedicionários e aventureiros. Uma expedição, é uma história para o resto da vida, um verdadeiro aprendizado.

Estamos comprometidos em causar um impacto positivo com nossas operações através da Seleção, contratação e treinamento dos nossos parceiros, levando em conta a experiência, certificação dos guias, boa remuneração e treinamento para atender o público brasileiro.
Todo resíduo proveniente das nossas expedições é direcionado para tratamento e descarte correto, preservando e melhorando os locais que realizamos nossas operações.