Carlos Eduardo Santalena

Formado em Educação Física com especialização em Hatha Yoga, proprietário da Grade6 Expedições.

Iniciou no montanhismo em 2003 através das escaladas em rocha. Com reconhecimento internacional no meio do montanhismo, Santalena é um grande admirador da natureza e das filosofias do oriente, onde busca através de suas viagens realizar seus sonhos e de quem lhe acompanha, focando em segurança, alegria e consciência.

Aos 27 anos de idade foi o sul americano mais jovem a completar
a escalada das maiores montanhas de cada continente.

Recorde brasileiro no Everest – aos 24 anos de idade foi o brasileiro mais jovem a chegar ao topo do Everest.

Quando não está em campo é responsável pelo gerenciamento das operações e expedições

Siga nas redes sociais

“Hoje eu sou uma fabrica de sonhos. Concretizo um e vivo outro. Mais incrível ainda é saber que mesmo sem realizar, o que importa é a tentativa”

"Os números são apenas consequência de fazer o que amamos”

Dia 04/12/2022 Carlos completou o projeto sete cumes pela segunda vez,
certamente é o maior especialista de nosso país, confira sua experiência em
cumes deste projeto:

Everest: 3 x no cume
Aconcágua: 11 x no cume
Kilimanjaro: 9 x no cume
Elbrus: 4 x no cume
Vinson: 2 x no cume
Denali: 3 x no cume
Carstenzs: 3 x no cume


Carlos tem 4 montanhas de 8 mil metros no currículo tendo escalado:


Expedição Everest (8.848M)
Expedição Manaslu (8.156M)
Expedição Lhotse (8.516M)
Expedição Makalu (8.462M)
Experiência faz a diferença!

Historia que virou livro

Sua biografia foi publicada em 2015 Quando Carlos Eduardo Santalena resolveu escalar o Everest, ele tinha ainda cinco anos. Era uma criança. Morava em São Paulo com a mãe e as duas irmãs, Deborah e Priscilla. Os anos passaram e aquele que tinha avisado à mãe sobre seu grande sonho, buscaria um meio de conquistá-lo, mas antes disso, iria ser na adolescência, um jovem inquieto, indisciplinado nos estudos e um jogador assíduo de futebol pelo time da escola, em Campinas, interior de São Paulo. Ao longo da vida de Carlos, tudo confluía para que o sonho antigo se realizasse. Estudou na Nova Zelândia, e o nome da rua onde morava era Edmund Hillary, o primeiro conquistador do cume do Everest. Coincidências ou não, um ano após de se matricular na faculdade de educação física, pela PUC-Campinas, Carlos conhecera um grupo de amigos que, assim como ele, gostava de escalar nos finais de semana, na região de Bragança Paulista. Quatro anos de treinamento, de 2008 à 2011, Santalena e Canellas embarcaram no voo de São Paulo à Qatar e de lá à Lukla, Nepal. Essa seria a grande aventura que mudaria sua vida e modo de ver o mundo.

O grande sonho era escalar o Everest, sonho realizado, mente limpa e daí surge a pergunta 'qual será a próxima?'